eSocial – Um avanço no mundo do trabalho

O eSocial representa um avanço no mundo do trabalho, pois esse é um sistema obrigatório e mudará consideravelmente a forma com que as empresas lidam com suas obrigações de natureza tributária, trabalhista, fiscal e previdenciária.
Entre as principais mudanças, destacam-se a unificação de documentos como: Relação Anual de Informações Sociais (RAIS), a Comunicação de Acidente de Trabalho (CAT), Declaração do Imposto de Renda Retido na Fonte (DIRF), o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED), dentre outros, que se concentrarão em uma só ferramenta.
Por meio da alimentação dos dados dos trabalhadores nesse sistema integrado, o eSocial trará maior facilidade na revisão dos processos internos, rápido acesso à base de dados e outras soluções que tornarão as vidas da empresa, do trabalhador e do governo mais ágeis, mais simples, e garantirá maior cumprimento de seus deveres e obrigações.
O eSocial também terá impacto direto na vida dos empregados, já que, por meio desse sistema, as empresas deverão transmitir várias informações sobre os profissionais contratados pelo regime previsto na CLT, e esses dados serão integrados a outros relatórios sobre prestadores de serviço, autônomos, estagiários e também pessoas jurídicas e servidores públicos.
Assim sendo, é fundamental que os colaboradores mantenham seus dados pessoais atualizados junto ao departamento de RH do empregador, a fim de evitar futuros problemas e atrasos no saque da multa do FGTS ou recebimento do seguro-desemprego. Com todas as informações alinhadas, haverá maior agilidade na concessão de benefícios e redução no número de golpes, que prejudicam todos os contribuintes, cabendo ressaltar que informações inconsistentes serão tratadas como não conformidades.
Uma questão importante que devemos saber sobre o eSocial, é que esse é organizado por etapas relativas a cada grupo.
Conhecer, adaptar-se e acompanhar o eSocial são ações relevantes, pois somente com a certeza da isenção dos dados corretos, empresas e colaboradores poderão ficar seguros de que estão cumprindo com suas obrigações e atuando em consonância com as exigências do eSocial.

Ieda Vecchioni
Diretora da IMC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *